Teletema - A história da música popular através da teledramaturgia brasileira

Teletema – A história da música popular através da teledramaturgia brasileira

R$ 69,00

TELETEMA é um projeto tão ambicioso quanto importante – e adorável. Nos dois volumes desses livros, seus autores Guilherme Bryan e Vincent Villari comentam todas as trilhas musicais de produções teledramatúrgicas que já foram comercializadas no Brasil. Através deste detalhado inventário, explicam também de que maneira as canções foram fundamentais para estabelecer a teledramaturgia como um dos maiores ícones da cultura pop brasileira, com qualidades e apuro técnico reconhecidos mundo afora; e como essa produção, realizada em ritmo industrial, se tornou uma importante vitrine para os artistas da música brasileira e para o sucesso de uma música. Esse primeiro volume cobre o período de 1964 a 1989, época crucial na elaboração, formatação e evolução das telenovelas, e na maneira de se criar canções para as tramas, com várias fases distintas. seus autores Guilherme Bryan e Vincent Villari comentam todas as trilhas musicais de produções teledramatúrgicas que já foram comercializadas no Brasil.

Em estoque (pode ser encomendado)

Comparar
Sinopse: Esse primeiro volume cobre o período de 1964 a 1989, época crucial na elaboração, formatação e evolução das telenovelas, e na maneira de se criar canções para as tramas, com várias fases distintas. seus autores Guilherme Bryan e Vincent Villari comentam todas as trilhas musicais de produções teledramatúrgicas que já foram comercializadas no Brasil. Através deste detalhado inventário, explicam também de que maneira as canções foram fundamentais para estabelecer a teledramaturgia como um dos maiores ícones da cultura pop brasileira, com qualidades e apuro técnico reconhecidos mundo afora; e como essa produção, realizada em ritmo industrial, se tornou uma importante vitrine para os artistas da música brasileira e para o sucesso de uma música. Título: Teletema Subtítulo: A história da música popular através da teledramaturgia brasileira Autor: Guilherme Bryan, Villari Vincent Formato/Acabamento: brochura / lombada quadrada Dimensões (Altura x Largura x Profundidade): 23cm x 16cm x 3cm Peso: 891 gramas Número de Páginas: 512 Ano de Publicação: 2014

Autor

Guilherme Bryan

Guilherme Bryan nasceu em 1975 e é jornalista com passagem e/ou colaboração em veículos como “Jornal da Tarde”, “Folha de S. Paulo”, “Cult”, “Yahoo! Brasil”, “MTV Brasil”, “Multishow”, “Revista do Brasil”, “Língua Portuguesa”, “Rolling Stone”, “Bizz” e “Rádio Brasil 2000 FM”. É roteirista e diretor da série de documentários “100 anos de samba”, do canal Brasil. Professor do Centro Universitário Belas Artes e do Museu da Imagem e do Som - SP. Doutor em Meios e Produções Audiovisuais pela ECA-USP, com tese sobre o videoclipe brasileiro, tema de um livro que desenvolve atualmente. E autor do livro “Quem tem um sonho não dança – cultura jovem brasileira nos anos 80”, adaptado para uma série de documentários a ser exibida no primeiro semestre de 2015 pelo canal Curta!.

Vincent Villari

Vincent Villari nasceu em 1978 e é formado em Comunicação Social pela Faculdade Cásper Líbero. Contratado pela TV Globo em 1995, participou da equipe de roteiristas das minisséries “A muralha”, “Os Maias” e “A casa das sete mulheres”, e das novelas “Anjo Mau”, “Da cor do pecado”, “Cobras e lagartos” e “A favorita”. Em parceria com Maria Adelaide Amaral, escreveu as novelas “Ti ti ti” e “Sangue Bom”. É autor do romance “A lua e o aço”, do livro de contos de humor “A que ponto chegamos” e do infantil “O livro mais chato do mundo”, escrito em parceria com Luciana Garcia.Vincent Villari nasceu em 1978 e é formado em Comunicação Social pela Faculdade Cásper Líbero. Contratado pela TV Globo em 1995, participou da equipe de roteiristas das minisséries “A muralha”, “Os Maias” e “A casa das sete mulheres”, e das novelas “Anjo Mau”, “Da cor do pecado”, “Cobras e lagartos” e “A favorita”. Em parceria com Maria Adelaide Amaral, escreveu as novelas “Ti ti ti” e “Sangue Bom”. É autor do romance “A lua e o aço”, do livro de contos de humor “A que ponto chegamos” e do infantil “O livro mais chato do mundo”, escrito em parceria com Luciana Garcia.
Peso 0.891 kg
Dimensões 23 x 16 x 3 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Teletema – A história da música popular através da teledramaturgia brasileira”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtos Recomendados