Release Dá para consertar

DÁ PARA CONSERTAR?  

                                              

“Não existem pequenas empresas. Existem apenas as que ainda não cresceram”.

“O sonho é a parte mais importante da realidade.” É com essa premissa fantástica, digna da literatura de Jorge Luis Borges, que Julio Ribeiro, aborda um tema aparentemente difícil, árido e ligeiramente obscuro, principalmente para os leigos. A gestão empresarial e a vida corporativa.                                                                                                                    

Com uma linguagem direta e de fácil compreensão, o autor tira o foco dos índices econômicos e financeiros, dos diagramas percentuais, das coleções de estatísticas, dos relatórios em inúmeras vias, das atas de reunião, dos organogramas funcionais, das tabelas de conversão de moedas estrangeiras, para nos mostrar que o sucesso ou o fracasso de uma empresa não está, necessariamente, nesses documentos. Dessa forma, transfere a atenção para o lado humano dos empresários e demonstra para os empreendedores e executivos onde é importante, de fato, manter a mira.

Em 10 capítulos, Julio Ribeiro compartilha conosco em tom informal e bem humorado, sua sabedoria e experiência junto ao mundo corporativo e empresarial. De maneira descontraída, mas didática e exemplar, conta algumas histórias que recolheu em sua longa vida profissional. Relatos que demonstram e revelam através de pontos de vista diferentes, os motivos do sucesso ou as razões do fracasso de determinadas empresas.

Assim, temos nesse livro um valioso guia, que aponta e comenta tanto erros como acertos, e conta histórias reais que se transformam em parábolas sobre a perda de eficiência de certas empresas ou exemplos das boas decisões estratégicas feitas por seus gestores.

Por mais de 30 anos, Julio Ribeiro dirigiu um negócio muito bem sucedido.

A Talent Comunicações, agência que se tornou referência no mercado ao combinar Propaganda com Planejamento Estratégico voltado para grandes companhias como Ipiranga, Santander, Net, Tigre e vários outros clientes.                                                           Na sua longa trajetória profissional, conviveu com mais de 100 pessoas jurídicas e testemunhou grandes empresas desaparecerem e pequenas empresas tornarem-se potências em seus segmentos. Analisou a estrutura e o funcionamento de muitas empresas brasileiras e apresentou análises e sugestões que muito contribuiram para o sucesso das mesmas.

Neste livro estão condensados e explicados os problemas de gestão que, infelizmente, continuam a provocar perdas ou até causar o desaparecimento de muitas empresas.

O conteúdo dessa obra propõe a todos os interessados no assunto, sejam empreendedores, empresários e líderes de empresas já estabelecidos, ou mesmo estudantes universitários, gente recém graduada e aspirantes a donos de seu próprio negócio, pensarem dentro de uma nova perspectiva, mais criativa e original, sobre os desafios e decisões que vêm tomando, ou que venham a enfrentar em suas futuras vidas corporativas.

Julio Ribeiro demonstra que a percepção aguda sobre o próprio negócio é a chave do seu crescimento. Mas talento, disciplina e coragem, não fazem mal a ninguém. São 128 páginas para ler e reler.

Você sabe, de fato, se sua empresa vai bem? Caso não vá, dá pra consertar?

A resposta está nesse livro.

 

Se você excluir as empresas natimortas, ou seja, aquelas que morreram no período de um ano após a sua fundação, a quase totalidade das empresas que fecharam teve um período de apogeu antes de fechar. Os exemplos são infinitos: desde gigantes como a Kodak, a fábrica de aviões Douglas, a Swissair, a Pan Am, até pequenas e médias como Mappin, Mesbla, Rádios ABC, TV Excelsior, ou mesmo a lojinha da esquina. Pode-se contar em milhões, o número de empresas saudáveis que num período de um a cinco anos entram num processo de falência ou simplesmente fecham.

Este livro é exatamente sobre isto: empresas que vão bem chegam a empregar centenas de pessoas e de repente fecham. Por quê?

As causas são muitas, mas, como todo conjunto objeto de análise, existem causas que se repetem sem que os empresários nelas envolvidos tirem alguma lição dos fatos. Neste livro vamos listar dez fatores que surgem com maior frequência nas pesquisas que realizamos entre empresas que após um período de apogeu morrem em alguns anos.

Se você tem uma empresa ou pretende abrir uma, lembre-se: para fechar, basta a empresa estar aberta.

Durante três décadas analisei histórias, vividas ou relatadas, de empresas que fecharam e empresas que foram bem sucedidas.

Percebi uma semelhança surpreendente entre as suas histórias.

Desde a mais antiga, a Kongo Gumi, empresa japonesa fundada em 578 que prosperou por mil e quatrocentos anos e fechou pela burrice de tentar se diversificar, até as mais modernas no ramo de tecnologia aeroespacial, que sabiam voar, mas não sabiam administrar.

Outra característica dos empresários que não deram certo é o otimismo exagerado em achar que dinheiro resolve qualquer problema de suas empresas. É o caso dos bancos que foram à falência ou de empresários que tinham um enorme patrimônio imobiliário e empresas fracas ou mal geridas. Na hora em que precisaram de dinheiro não encontraram pessoas que tivessem a coragem necessária para colocar dinheiro bom em patrimônio ruim. Estudei também empresas bem-sucedidas que só fizeram crescer a sua importância e o seu patrimônio.

Todos os casos aqui relatados são reais.

Acredito que o leitor poderá achar a solução para muitos problemas que parecem complicados, mas que no fundo podem ser resolvidos com disciplina, talento e coragem, na maioria dos casos, antes de acontecer.

 

• PARA CONSTRUIR QUALQUER COISA VOCÊ PRIMEIRO PRECISA SONHAR COM ELA.

 

• A PRINCIPAL CAUSA DE FALÊNCIA DAS EMPRESAS NÃO É A FALTA DE DINHEIRO.

 

• DIVERSIFICAÇÃO: A TENTAÇÃO FATAL PARA EMPRESAS BEM-SUCEDIDAS.

Julio Ribeiro é formado em Direito pela Universidade de São Paulo. Completou seus estudos nos Estados Unidos, onde cursou Creativity in Business na New York University e Business Management na Harvard Business School.

Em 1980 fundou a Talent. Recebeu o prêmio “Líder Empresarial” da Gazeta Mercantil durante quatro anos consecutivos e também por quatro anos recebeu o prêmio Caboré, o mais importante da propaganda brasileira. Por três anos a Talent recebeu este mesmo prêmio, o Caboré, como a Melhor Agência do país.

É autor de vários livros sobre propaganda: ‘Tudo O Que Você Queria Saber Sobre Propaganda e Ninguém Teve Paciência de Explicar’, ‘Fazer Acontecer - Algumas Coisas Que Aprendi em Propaganda Investindo 1 Bilhão de Dólares de Grandes Empresas’ e 'Marketing de Atitude’, estepela Editora Dash.

 

Em 2003, juntamentecom José Eustachio e Equipe Talent, publicou ‘Entenda Propaganda – 101 Perguntas e Respostas'

 

Comprar o livro

 

 

 

 

DÁ PARA CONSERTAR?  

Empresas que iam muito bem de repente passaram a ir mal

Autor: Julio Ribeiro / Editora DASH

128 páginas / Formato: 16 cm x 23 cm / Preço: R$ 29,00

ISBN 9788565056502